• Celso Sgarbi

Em quarentena, garotos de Cotia são monitorados por psicólogos e assistentes sociais do São Paulo

Por Eduardo Rodrigues e Leonardo Lourenço


Psicólogos e assistentes sociais do São Paulo mantêm contatos semanais com os jogadores das categorias de base do clube para acompanhar a rotina dos garotos e monitorar eventuais necessidades.

As atividades no CT de Cotia, onde treinam e ficam alojados os atletas da base do São Paulo, estão suspensas desde o dia 16 de março, quando todos os torneios foram paralisados por causa da pandemia de Covid-19. A partir de segunda-feira, todos estarão de férias até o dia 4 de maio. Segundo o clube, os jogadores receberam apoio para retornarem para suas casas. As aulas também já tinham sido suspensas – os atletas estudam em escolas de Cotia.

Apenas os garotos que ainda precisam de tratamento para alguma lesão permanecem alojados no CT. De acordo com o São Paulo, eles respeitam regras de distanciamento social e de higiene.

Para os que retornaram para casa, as comissões técnicas programaram atividades físicas – algumas são feitas com o auxílio de videoconferências.

As ações de combate ao novo coronavírus no CT de Cotia começaram no início de março, duas semanas antes da suspensão das atividades. Funcionários participaram de palestra, e jogadores e familiares receberam um kit com panfleto informativo e álcool gel. À época, para evitar aglomerações, o clube alterou os horários do refeitório.

O departamento de futebol do São Paulo está paralisado. Os times masculino e feminino estão de férias, mas ainda não há previsão de quando as competições serão retomadas.


fonte: globo.com/globoesporte.com

Copyright © 2020 by Ch34

Newsletter tricolor

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • SoundCloud
  • Spotify - Black Circle