• Celso Sgarbi

Empate amargo no Morumbi

São Paulo volta a jogar mau e empata com o Bahia no Morumbi.


O que poderia ser um jogo em que o time fosse mostrar melhoras no seu futebol acabou sendo mais do mesmo, time apático, sem brio, que insiste em tocar-tocar-tocar-tocar-tocar-tocar e não produzir nada, para se ter uma idéia no primeiro tempo o São Paulo deu 10 (DEZ) chutes, mas nenhum no gol; o Bahia deu 2, 1 no gol e o pênalti defendido por Tiago Volpi.

O jogo.

O time do São Paulo já chegou pressionado no Morumbi, enfrentou uma manifestação pacífica mas bastante barulhenta do lado de fora de torcedores que há tempos estão insatisfeitos com o desempenho do time nos últimos anos.




O time tinha que dar uma resposta dentro de campo, mas mais uma vez o que vimos foi o que estamos vendo desde a volta da parada pela pandemia do Coronavírus, um time apático, que fica tocando a bola pra lá e pra cá sem objetividade, que facilita a marcação do time adversário, um time que não tem jogadas ensaiadas, que não tem armação, sem brio, sem vontade de vencer.



O Bahia, que não tem nada a ver com isso, ficou na sua, só esperando um erro do adversário, que aconteceu ainda no primeiro tempo com uma falta do lateral Igor Vinicius em cime de Rodriguinho; pênalti que o atacante Gilberto bateu e Volpi defendeu. Logo em seguida, em uma falha grotesca do lateral Reinaldo, o atacante Rossi apareceu sozinho de frente para Volpi e apenas escolheu o canto para fazer 1x0 Bahia. no restante do primeiro tempo foi um São Paulo desesperado e desorganizado, mas sem objetividade.




No segundo tempo o técnico Fernando Diniz fez a primeira alteração, tirando Igor Gomes e colocando o estreante Luciano, que mostrou pelo menos vontade. No decorrer da segunda etapa o técnico ainda promoveu as entradas de Carneiro, Gabriel Sara, Léo, e Helinho. Mas foi em uma jogada de bola parada que saiu o gol de empate, que premiou a estreia de Luciano. Final 1x1 no Morumbi.


Nas entrevistas, Rai diz confiar no trabalho do técnico Diniz, e fala ainda que o time está evoluindo, mas isso é uma coisa que o torcedor não vê.

Por enquanto Diniz segue como técnico mas, até quando? até quando o torcedor vai aguentar isso?


Por: Celso Sgarbi Filho.

Fotos: Marcos Ribolli


Copyright © 2020 by Ch34

Newsletter tricolor

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • SoundCloud
  • Spotify - Black Circle