• Celso Sgarbi

Oito coisas que você precisa saber sobre o São Paulo na volta do Paulistão.

Tricolor joga nesta quinta-feira, às 20h, contra o Bragantino, no Morumbi.


Após 131 dias, o São Paulo volta a campo para disputar uma partida oficial. Nesta quinta-feira, o Tricolor enfrenta o Bragantino, às 20h, no Morumbi, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.


E nesses quatro meses de paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus, o clube tem novidades, algumas dentro de campo e outras fora dele. Abaixo, listamos oito coisas que você precisa saber sobre o São Paulo após a segunda maior pausa da história do clube. O maior período de inatividade foi entre 1935 e 1936, quando o Tricolor se uniu ao Clube de Regatas Tietê e teve de ser refundado. Naquela ocasião, foram 307 dias sem jogos. 1 - Novo time titular Fernando Diniz tem uma mudança na equipe titular em relação ao período antes da paralisação do futebol: sai Antony, vendido ao Ajax, entra Pablo. Com isso, a nova escalação é a seguinte: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Pablo, Vitor Bueno e Pato. Além disso, Paulinho Bóia entrou na vaga de Antony entre os inscritos do Tricolor do Paulistão para a fase de grupos. No mata-mata Fernando Diniz poderá fazer quatro trocas. 2 - Alívio financeiro As vendas de Antony (Ajax) e Gustavo Maia (Barcelona) ajudaram a amenizar a crise financeira no Morumbi. O clube recebeu agora em julho a maior parcela da venda de Antony (são 15,7 milhões de euros) e começou a pagar os salários atrasados de junho e julho dos jogadores. Durante a concentração em Cotia, a diretoria e os jogadores deixaram bem encaminhado um acordo consensual para um novo corte salarial de 25% dos salários na CLT de agora em diante. 3 - Concentração em Cotia O São Paulo acatou um pedido de Fernando Diniz para realizar um confinamento de uma semana no CT das categorias de base em Cotia, e a decisão foi vista como fundamental neste momento pós-distanciamento social dos jogadores. O tempo de concentração foi importante para o elenco recuperar o entrosamento tanto dentro como fora de campo após três meses sem contato físico. Diversos jogadores relataram que o período uniu novamente o grupo. – Acho que com os dias que foram feitos na pré-temporada a gente vai alcançar o nosso 100% no decorrer dos jogos. Nós temos que pegar cada vez mais confiança, mas sinto que o grupo voltou mais unido – afirmou Pato, em entrevista à SPFCTV. 4 - Elenco completo Desde que os treinos com bola reiniciaram no clube, no dia 1º de julho, o São Paulo não registrou nenhum novo caso de jogador infectado com a Covid-19. O fator contribuiu para que Fernando Diniz tivesse o elenco completo à disposição – exceções de Rojas e Walce, lesionados. Apenas um jogador foi diagnosticado com o novo coronavírus nos primeiros testes realizados em junho e foi afastado até se recuperar. Outros três já haviam contraído a doença e não precisaram ser isolados. 5 - DM quase zerado O departamento médico do São Paulo tem neste momento apenas o zagueiro Walce e o atacante Rojas em recuperação. Antes da paralisação das competições, o clube tratava outros quatro lesionados: Helinho, Tiago Volpi, Léo e Gabriel Sara. Todos já estão à disposição. Walce e Rojas estão em tratamento com a fisioterapia do clube e devem retornar apenas quando o Campeonato Brasileiro estiver sendo disputado. 6- Som de torcida Os jogos depois da pandemia serão com portões fechados, mas o São Paulo testou no Morumbi um sistema de som que simula as músicas cantadas pela torcida nas arquibancadas para tentar reproduzir parte do ambiente em um dia de jogo. 7- De olho nos pendurados O São Paulo entra em campo nesta quinta-feira contra o Bragantino com quatro jogadores pendurados com dois cartões amarelos: Daniel Alves, Vitor Bueno, Bruno Alves e Tchê Tchê. Aquele que for advertido estará fora do duelo contra o Guarani, domingo. Mas se alguém for para esse jogo ainda pendurado e aí, sim, for advertido, ficará fora das quartas de final. A partir do mata-mata os cartões são zerados.

Veja o que diz o regulamento do Paulistão: Art. 45 - Finalizada a Primeira Fase da Competição os cartões amarelos serão zerados, desde que não seja o terceiro da série, quando obrigatoriamente será cumprida a suspensão automática. Art. 46 - O atleta ou o membro da comissão técnica advertido com cada série de 3 (três) cartões amarelos ficará automaticamente impedido de participar da partida subsequente desta mesma Competição. 8 - Sem contratações O São Paulo é o único clube da Série A do Campeonato Brasileiro que não contratou nenhum novo jogador para a temporada. A única movimentação do Tricolor no mercado foi comprar definitivamente três atletas que estavam no elenco por empréstimo: Tiago Volpi, Vitor Bueno e Igor Vinicius.


Fonte: globoesporte.com

Foto: Marcos Ribolli

Copyright © 2020 by Ch34

Newsletter tricolor

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • SoundCloud
  • Spotify - Black Circle