• Celso Sgarbi

São Paulo é o clube brasileiro com maior média de público na Libertadores.

Estudo analisa jogos da competição de 1960 a 2019 e indica que Tricolor Paulista levou mais de 40 mil torcedores nos jogos como mandante. Flamengo, Inter e Corinthians ficam no top 10.


Três vezes campeão da Libertadores (1992, 93 e 2005), o São Paulo é o clube brasileiro com maior média de público na história da competição. Estudo realizado pelo pesquisador João Ricardo de Oliveira, especialista em rankings de público no futebol, mostra que o Tricolor Paulista teve média superior a 40 mil torcedores (40.352) nas partidas que disputou como mandante na Libertadores.

A pesquisa foi encomendada pelo site "Verminosos por futebol" e inclui os jogos realizados desde a edição inaugural do torneio, em 1960, até 2019. E considera somente as equipes que disputaram pelo menos 10% das edições (seis do total de 60), para evitar desvios estatísticos. O São Paulo ocupa o segundo lugar geral no ranking, atrás apenas do América do México. Em suas sete participações na Libertadores, o time mexicano registrou 47.510 de torcedores em média. O fato do América realizar seus jogos no estádio Azteca, com capacidade para mais de 87 mil espectadores, ajuda no bom desempenho. Sétimo na lista geral (atrás do Boca Juniors, Independiente, Barcelona-EQU e River Plate), o Flamengo é o segundo brasileiro com maior média de fãs pagantes na Libertadores, com 34.705. Logo em seguida vem o Internacional (oitavo no geral), com 34.654. O Corinthians completa o top 10, com 33.389. Entre as 30 maiores médias, aparecem mais cinco clubes brasileiros: Cruzeiro (14º lugar), Grêmio (19º), Fluminense (21º), Atlético-MG (26º) e Palmeiras (28º). Fora da lista por ter disputado apenas uma vez a Libertadores, o número do Paysandu chama a ateção. Nos jogos que realizou no Mangueirão em 2003, o time paraense atraiu 39.358 torcedores em média. O que lhe daria o quarto lugar geral.


Confira o ranking

torcedores pagantes:

1) América-MEX: 47.510 2) São Paulo: 40.352 3) Boca Juniors: 39.715 4) Independiente: 38.920 5) Barcelona-EQU: 36.626 6) River Plate: 36.565 7) Flamengo: 34.705 8) Internacional: 34.654 9) Peñarol: 33.818 10) Corinthians: 33.389 11) Millonarios-COL: 33.152 12) Universidad de Chile: 32.968 13) Rosario Central: 32.907 14) Cruzeiro: 32.768 15) Racing: 31.852 16) Colo-Colo: 31.808 17) Newell's Old Boys: 31.563 18) Deportivo Cali: 31.435 19) Grêmio: 31.045 20) Atlético Nacional: 30.967 21) Fluminense: 29.471 26) Atlético-MG: 27.559 28) Palmeiras: 25.841 54) Atlético-PR: 17.537 56) Santos: 17.221 61) Vasco: 14.648 ------------- Clubes ausentes do ranking geral pelo critério de participação em 10% das edições Paysandu: 39.358 torcedores pagantes Botafogo: 31.622 Bahia: 31.584 Sport: 21.662 Goiás: 18.392 Criciúma: 16.008 Paraná: 11.484 Chapecoense: 10.127 Paulista: 8.742 Coritiba: 8.286 Santo André: 7.448 Náutico: 7.273 Juventude: 6.422 Guarani: 5.984 São Caetano: 3.778 Bangu: 1.682


Texto e foto: Marcelo Monteiro.

Fonte: globo.com/globoesporte.com

Copyright © 2020 by Ch34

Newsletter tricolor

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • SoundCloud
  • Spotify - Black Circle